Roupa feminina de Dona Florinda, um arraso!

Sensual. Esta é uma palavra que ajuda a definir a grife Dona Florinda, especializada em roupa feminina como poucas vezes você viu antes. Em sua mais recente coleção, que é a Verão 2013, leva para as passarelas um verdadeiro revival dos anos 80, atraindo o interesse de um público formado, hoje, por pessoas de 30 a 40 anos – o que não quer dizer que as peças não se encaixem a outras faixas etárias.

mulher roupas saias

Das marcas de roupas brasileiras, essa é uma das únicas, na atual temporada, que decidiu seguir por um caminho onde se faz presente muito brilho, partes metalizadas e acetinadas, paetês, cores e cores, cortes simétricos e assimétricos. Enfim, uma configuração que proporciona looks personalizado (personalização é típica da geração New Wave).

mulher roupas saias

Dê só uma olhadinha na roupa feminina da label Dona Florinda e as maquiagens combinando com as peças. Não dá um visual incrível, que ao mesmo tempo é retrô e contemporâneo? Fica, inclusive, como dicas para que você possa aplicar maquiagem assim que for possível, especialmente se vai sair para se divertir em uma pista de dança.

Já que citamos cortes, essa é uma das marcas de roupas brasileiras que mais ousou, pois não faltaram recortes dos mais diferentes estilos – você pode observar nas imagens que aqui postamos.

mulher roupas saias

As formas geométricas, que durante anos e anos cultuaram um perfil todo particular da década de 1980, também apareceram em bom tom e volume.

Gostou da roupa feminina da grife? Aproveite e dê sua opinião sobre este artigo.

Roupa masculina grunge: use camisas xadrez!

Quando bandas como Nirvana, Pearl Jam e outras intituladas, popularmente, de grunge, fizeram sucesso, o público logo começou a aderir à moda que seus integrantes levavam aos palcos. Além da tradicional calça jeans surrada e dos não menos conhecidos tênis All Star, algo que marcou a década de 1990 dos jovens e que não saiu de moda foi a camisa xadrez, sendo uma roupa masculina de muita personalidade.

As camisas xadrez podem ser usadas tanto na temporada de calor – desde que com as mangas devidamente dobradas, por exemplo – como (e principalmente) no Inverno. Vestir esse tipo de roupa masculina é reviver, com muito saudosismo e energia, um tempo em que a liberdade de expressão corria solta e que ser revolucionário tinha lá seu idealismo.

O tipo mais comum de camisa xadrez é a flanelada, que geralmente acaba sendo combinada a uma camiseta velha por baixo na cor branca – que é para ressaltar o desenho todo “axadrezado”. Mesmo assim, é igualmente comum vir camisetas de banda na cor preta por baixo.

Também conhecidas como “camisas de lenhador”, ainda são bem comuns nos Estados Unidos e, claro, em shows de rock de bandas um pouco mais contemporâneas, que desenvolveram seu rock das décadas de 1990 para cá.

Um dos primeiros estilistas a compreender o movimento e usar em desfiles de roupa masculina foi Marc Jacobs, em 1992, que empregou essa moda em uma coleção da grife Perry Ellis – que, por sua vez, não quis saber de atrelar a imagem dos rockeiros com a sua.

E aí, você curte camisas xadrez? Veja algumas opções de combinação e curta um bom show de rock!

OBS.: o visual básico de um grunge é: camisa xadrez, calça jeans rasgada, camiseta branca, tênis All Star e acessórios como pulseiras, faixas de cabeça, entre outros. Invista nessa ideia!